Banner
Banner Banner

A PLATAFORMA DE TODOS OS BRASISGratuita e sem publicidade

CADASTRO SIMPLES E RÁPIDOPronto em menos de 2 minutos

CENTENAS DE FILMES E SÉRIESDe todo o Brasil e de todas as épocas

MÚLTIPLAS LINGUAGENSDiversos gêneros e temáticas

CATÁLOGO DIVERSODe lançamentos a clássicos

CADASTRE-SE E DESCUBRA

Role a página para ver o conteúdo

Descubra aqui o que temos para você

Clássicos, obras premiadas e produções independentes

Banner Banner

Deus e o diabo na terra do sol

Classificação

Direção:Glauber Rocha

Uma viagem ao centro do drama sertanejo que cativa a memória com cenas antológicas. A poderosa trilha sonora de Sérgio Ricardo, a montagem desconcertante e a beleza plástica da fotografia fazem deste filme um marco do cinema moderno.

Entre e conheça mais
Banner Banner

O menino e o mundo

Classificação

Direção:Alê Abreu

Um dos filmes mais premiados do cinema brasileiro, foi indicado ao Oscar de Melhor Animação em 2016. A beleza de seus traços, a pluralidade de técnicas e a trilha sonora com Naná Vasconcelos e Emicida, fazem do longa uma experiência tocante e inesquecível.

Entre e conheça mais
Banner Banner

Café com canela

Classificação

Direção:Ary Rosa e Glenda Nicácio

O filme de estreia dos jovens diretores colocou o Recôncavo Baiano no mapa do audiovisual brasileiro. Valoriza os saberes populares, a cultura afrodescendente e a comida como um ponto sagrado de encontros e afetividades. Com ampla carreira nos cinemas, foi premiado no Festival de Brasília e ganhará um spin-off seriado nos próximos anos.

Entre e conheça mais
Banner Banner

Òrun Àiyé – a criação do mundo

Classificação

Direção:Cintia Maria e Jamile Coelho

Com diferentes técnicas de animação, e com um olhar feminino, as jovens diretoras celebram a importância da cultura afro-brasileira como espaço de preservação da memória e de respeito aos mais velhos e à natureza.

Entre e conheça mais
Banner Banner

O Bandido da Luz Vermelha

Classificação

Direção:Rogério Sganzerla

"Quem estiver de sapato não sobra, não pode sobrar." Uma das mais famosas frases do cinema brasileiro condensa o espírito deste filme-soma ou "faroeste do Terceiro Mundo", nas palavras de seu realizador. Em seu primeiro longa, Sganzerla redefine o caminho do cinema moderno no Brasil.

Entre e conheça mais
Banner Banner

Eles não usam black tie

Classificação

Direção:Leon Hirszman

Adaptação da famosa peça de Gianfrancesco Guarnieri, recebeu dois prêmios no Festival de Veneza. Clássico do cinema político brasileiro protagonizado por Fernanda Montenegro, pelo próprio Guarnieri e grande elenco, conta com a direção musical do mestre Radamés Gnattali.

Entre e conheça mais
Banner Banner

Cabra marcado para morrer

Classificação

Direção:Eduardo Coutinho

Pungente retrato da história do Brasil, o projeto sobre as ligas camponesas teve as filmagens iniciadas em 1964, foi impedido de continuar pelos militares e retomado quase duas décadas depois. Carrega as principais características do cinema do diretor, Eduardo Coutinho. É considerado um dos clássicos do documentário, exibido e premiado no país e no mundo até hoje.

Entre e conheça mais
Banner Banner

Jogo de cena

Classificação

Direção:Eduardo Coutinho

Mais do que um exercício de linguagem ou um truque de embaralhar, este filme é uma profunda meditação sobre a encenação e a realidade, a condição feminina e a noção de verdade, Com o toque magistral de Eduardo Coutinho e das atrizes Andréa Beltrão, Fernanda Torres e Marília Pêra para diluir as fronteiras entre o documentário e a ficção.

Entre e conheça mais
Banner Banner

A negação do Brasil

Classificação

Direção:Joel Zito Araújo

Documentário pioneiro e extremamente atual, um manifesto em favor da incorporação positiva da negritude nas imagens televisivas do país. Com depoimentos de importantes atores negros, como Milton Gonçalves, Léa Garcia, Zezé Motta e Ruth de Souza.

Entre e conheça mais
Banner Banner

Dona Flor e seus dois maridos

Classificação

Espirituosa comédia baseada no romance de Jorge Amado, é uma das maiores bilheterias da história do cinema brasileiro. Recebeu diversos prêmios e projetou a jovem Sônia Braga ao estrelato. O sucesso foi tanto, que ganhou remakes para o cinema e minissérie da Rede Globo. Com música de Chico Buarque e Francis Hime e roteiro adaptado pelo próprio escritor.

Entre e conheça mais
Banner Banner

A batalha do passinho

Classificação

Direção:Emílio Domingos

Premiado no Festival do Rio em 2012, acompanha de perto o movimento do passinho carioca. Realizada num momento de efervescência da dança nas periferias da capital fluminense, a obra registra com intimidade e frescor – e na contramão do preconceito – as batalhas e os sentidos culturais e políticos do passinho.

Entre e conheça mais
Banner Banner

Transamazonia

Classificação

Direção:Bea Morbach, Débora Mcdowell e Renata Taylor

A obra escancara as feridas sociais do Brasil com diferentes camadas narrativas que denunciam e, ao mesmo tempo, traçam um paralelo entre a transfobia e a ideia distorcida de desenvolvimento do país. Um testemunho histórico e um manifesto político-visual das realizadoras, foi premiado no Festival Mix Brasil.

Entre e conheça mais
Banner Banner

As hiper mulheres

Classificação

Direção:Carlos Fausto, Leonardo Sette e Takumã Kuikuro

Um dos filmes indígenas mais premiados e conhecidos no Brasil, é uma viagem antropológica ao coração de um ritual feminino ancestral. A força das mulheres dentro da comunidade e seu esforço coletivo são filmados com a sensibilidade do projeto Vídeo nas Aldeias.

Entre e conheça mais
Banner Banner

Já que ninguém me tira pra dançar

Classificação

Direção:Ana Maria Magalhães

Um farto e raríssimo material de arquivo, especialmente restaurado compõe a narrativa que resgata a história de Leila Diniz e sua contribuição para a luta da mulher brasileira por liberdade, num contexto de forte repressão. Traz entrevistas com diversas personalidades, entre elas, Marieta Severo, Maria Gladys e Paulo José.

Entre e conheça mais
Banner Banner

Gilberto Gil – tempo rei

Classificação

Direção:Andrucha Waddington, Breno Silveira e Lula Buarque de Hollanda

Com a participação de Stevie Wonder, Caetano Veloso e Carlinhos Brown, o documentário mergulha na biografia de Gilberto Gil, com performances musicais, passeios pela Bahia e bate-papos e meditações sobre a vida e a arte. Um filme poético e emocionante, regado a alegria, humor, nostalgia e muito axé.

Entre e conheça mais
Banner

Deus e o diabo na terra do sol

Glauber Rocha

Banner

O menino e o mundo

Alê Abreu

Banner

Café com canela

Ary Rosa e Glenda Nicácio

Banner

Òrun Àiyé – a criação do mundo

Cintia Maria e Jamile Coelho

Banner

O Bandido da Luz Vermelha

Rogério Sganzerla

Banner

Eles não usam black tie

Leon Hirszman

Banner

Cabra marcado para morrer

Eduardo Coutinho

Banner

Jogo de cena

Eduardo Coutinho

Banner

A negação do Brasil

Joel Zito Araújo

Banner

Dona Flor e seus dois maridos

Banner

A batalha do passinho

Emílio Domingos

Banner

Transamazonia

Bea Morbach, Débora Mcdowell e Renata Taylor

Banner

As hiper mulheres

Carlos Fausto, Leonardo Sette e Takumã Kuikuro

Banner

Já que ninguém me tira pra dançar

Ana Maria Magalhães

Banner

Gilberto Gil – tempo rei

Andrucha Waddington, Breno Silveira e Lula Buarque de Hollanda

Acompanhe festivais sem sair de casa

Assista de graça

Produções do Itaú Cultural e de quem faz a arte e a cultura brasileira

Cadastrar e dar play

Veja como, quando e onde quiser

celular | computador | tablet | chromecast | apple TV | smart TV

Hero Image Hero Image

Perguntas Frequentes

Que conteúdo é oferecido pela Itaú Cultural Play?

Produções audiovisuais brasileiras (filmes, séries, programas de TV) com curadorias da equipe interna, além de programações de festivais e de instituições parceiras.

Quanto custa?

A Itaú Cultural Play é uma plataforma totalmente gratuita. Não há cobrança para se cadastrar, assinar e nem para assistir aos filmes. Faça seu cadastro e aproveite!

Quem pode se cadastrar? Existe algum pré-requisito para o cadastro?

Não há pré-requisitos. Todas as pessoas que moram no Brasil e que tenham mais de 18 anos podem se cadastrar. Menores de idade podem ter perfis secundários criados na conta principal.

Como faço para me cadastrar?

Clique no botão “criar conta” ou no botão “cadastre-se e descubra”. Preencha com seu nome completo, e-mail, data de nascimento e senha. Leia atentamente e role a “Política de privacidade” até o fim, concorde com os termos e clique em “criar conta”. Se você recebeu a mensagem “Cadastro efetuado com sucesso!”, poderá acessar a plataforma.

Não consigo me cadastrar.

Certifique-se de ler e rolar o texto da “Política de privacidade” até o fim, antes de aceitar.

Fiz o cadastro, mas não consigo fazer login, e agora?

Verifique se você digitou corretamente seu endereço de e-mail, apenas com letras em caixa-baixa (minúsculas). Confirme se seu computador, tablet ou celular inseriu um espaço adicional automático no início, no meio ou no fim de seu e-mail, especialmente se você utiliza o recurso de “autocompletar” o endereço. Caso o problema persista, entre em contato com o Fale conosco.

Onde posso assistir aos conteúdos?

Disponíveis apenas em território brasileiro, os conteúdos podem ser vistos em qualquer equipamento com acesso à internet (computador, celular, tablet, Chromecast), Apple TV e smart TV LG e Samsung.

Fiz o cadastro, mas não consigo acessar os conteúdos.

A Itaú Cultural Play funciona exclusivamente em território nacional. Caso você esteja fora deste território, infelizmente não poderá ver os conteúdos. Importante: o aplicativo não é compatível com todos os modelos de televisores e sistemas. Pesquise na loja do seu aparelho para verificar a disponibilidade. Em alguns casos, pode ser necessário atualizar o sistema operacional do seu aparelho, para tanto consulte o manual ou o fabricante.

Há conteúdos para crianças?

Sim, a Itaú Cultural Play oferece conteúdos diversos para toda a família. Todos os filmes possuem a sinalização da respectiva classificação indicativa e os descritores de conteúdo. Ressaltamos que a navegação na plataforma por crianças e adolescentes deve ser feita mediante a supervisão de adultos.

Tem controle para menores?

Sim, você pode adicionar um perfil para menores. Entre na conta principal, em "Configurações", escolha "Adicionar perfil". Preencha o nome, indique a classificação etária adequada e crie uma senha/pin para travar e destravar os acessos.

Como funciona a política de privacidade da plataforma?

Você poderá consultar no rodapé da página, na seção Política de privacidade.

Como faço para me descadastrar?

Faça sua solicitação através da seção Fale conosco.

Cadastre-se e descubra